sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Recepção

Créditos da Imagem: Alberto Eventos, Toscanas Festas e Studio Esdras

Oi queridas, a sexta-feira chegou e junto mais dois posts. Depois de reservar a Igreja, vamos agora reservar o Salão para Recepção dos convidados. Aqui se faz uma dica interessante, ao escolher o salão, dê preferência aos locais próximos da Igreja reservada ou vice-versa, torna-se mais cômodo para seus convidados e é, também, mais elegante e sútil da parte de quem convida.
Aqui em Manaus temos ótimos salões e diga-se da passagem, bastante concorridos também, em meio a tantos eventos (casamentos, 15 anos, formaturas e eventos empresariais, daí a importância da reserva da data. Da mesma forma que a Igreja, procure aliar a quantidade de convidados ao tamanho do salão...uma recepção para 100 convidados em um salão para 400 pax, vai se perder em meio ao espaço, fora o gasto com a decoração. Atenção, na hora de escolher não tenham medo de procurar os mais conceituados na cidade, agregando tamanho à preço, há valores de cardápio para todos os bolsos e há salões que a pesar do tamanho, subdividem-se em em espaços menores, como é o caso do Dulcila Festas e do Buffet Diamond.
Atenção para as dicas:
  1. Todos os salões cobram aluguel do espaço, mesmo aqueles que dizem não cobrar, possuem o valor embutido no cardápio portanto, avaliem o custo-benefício;
  2. Verifiquem se o salão comporta o número de convidados demandado;
  3. Nem todos os salões possuem buffet, como é o caso do que a gente fechou, o Toscanas Festas. Mas não se preocupem, normalmente a casa já tem buffets cativos que costumam trabalhar e lhe indicam. Aliás, quero dar os créditos deste post à dona Valdete Junqueira, dona do Toscanas Festas, não é porquê eu fechei com ela, mas é uma pessoa ímpar, de uma humildade extrema e um carisma espetacular, o que precisamos de serviços terceirizados, ela nos indicou e foi através dela que chegamos ao buffet da dona Neuza mas, isto vai ficar pra outro post;
  4. Quando o orçamento aperta, não exitem de fazer a cerimônia no mesmo local onde irão recepcionar seus convidados, aí sim, será necessário um salão maior que a capacidade dos seus convidados para comportar a cerimônia e a recepção. Tá, vou aproveitar a deixa pra explicar pro Delson o porquê que não fizemos assim então...porquê eu quero muito ter a benção do padre e normalmente, a paróquia não libera o padre para fazer celebrações fora da Igreja, como é o nosso caso bebê!
  5. No caso de aderirem a esta última opção, vocês podem fazê-lo de duas maneiras. A primeira é organizá-la em espaços distintos do salão. Como no casamento da minha mimiga Isabella Passos, que optou pela cerimônia civil em um tenda montada na área externa do Classic e a recepção na área interna aliás, esse casamento ficou lindo de morrer, depois eu posto as fotinhas aqui. E, a segunda opção, é realizar as duas coisas no mesmo ambiente e não se preocupem, dependendo da sua equipe do cerimonial, a nave e o altar são desmontados para a festa rapidinho, sem ninguém perceber.
  6. Antes de pagar o sinal para a reserva, peça para ver o salão montado, só assim você vai saber se é realmente o local dos seus sonhos.
Queridos, no menu ao lado, deixarei os contatos dos salões e buffets encontrados na nossa capital. Para mais informações a respeito, não deixem de ler no blog Planejando meu Casamento, o post Casamento no buffet.
Ah! a fotinha acima é uma inspiração para o cenário da nossa festa, será exatamente nestas tonalidades, amarelo, dourado e marrom.

Um comentário:

  1. Exelente post, é sempre bom ter experiências locais relatadas.
    Viste nosso blog http://oretratistaeventos.blogspot.com/
    e veja dicas outras dicas.

    Valeu,

    Wellington
    Fotodesigner

    ResponderExcluir